Governo da Paraíba


Setor de Protocolo Geral da Educação será ampliado em 2010


Terça-feira, 19 de janeiro de 2010 - 13h15

A demanda no Setor de Protocolo Geral da Secretaria de Estado da Saúde (SES) aumentou 54,53% no ano passado, se comparado com o saldo de 2008. De acordo com informações da Gerência de Administração da SES, em 2009, foram abertos 26.588 processos administrativos no setor e, no ano anterior, foram 17.206.  Entre as solicitações mais comuns estão aquisição de materiais de consumo e de medicamentos e pedidos na área de recursos humanos. Para facilitar o acompanhamento dos processos, a SES disponibiliza um sistema online de consulta pela Internet, no portal do Governo do Estado.

O Setor de Protocolo Geral é responsável pela oficialização das entradas de todos os documentos direcionados ao secretário, gerências e núcleos da SES.  A gerente de Administração da SES, Beatriz Noêmia Araújo Costa, explicou que uma das metas para 2010 é ampliar o espaço físico do setor e, com isso, oferecer mais comodidade aos funcionários, melhorando, consequentemente, o atendimento ao público.

Autoatendimento – Para acessar o sistema online, o interessado deve ter o número do processo gerado no protocolo e entrar no site da Secretaria de Estado da Saúde (www.saude.pb.gov.br) ou no link disponível no www.paraiba.pb.gov.br), acessar ‘Sistemas’ no menu do lado esquerdo do vídeo e clicar em ‘Processos’. Se preferir, o internauta pode digitar o endereço com todos os atalhos e entrar direto no sistema (http://gti1.saude.pb.gov.br:8080/processos/consultaProcessoSite.jsf).

“Este ano, também vamos implantar um terminal de autoatendimento, através do qual o interessado poderá consultar o andamento do seu processo, sem precisar se dirigir ao Setor de Protocolo Geral. A máquina será colocada nas dependências do prédio da SES. O serviço vai descentralizar o atendimento ao público e desafogar o setor de protocolo, que ficará apenas com a função de formalizar novos processos”, explicou.

Beatriz Noêmia lembrou que a atual gestão encontrou o Setor de Protocolo Geral totalmente sucateado e sem condições de funcionamento.  “No local, existiam armários e pisos quebrados, computadores sucateados e os funcionários trabalhando em um ambiente precário. Nós melhoramos a parte física e os equipamentos com a compra de novos computadores e agora o ambiente é climatizado e com mais comodidade”, disse.

Solicitações diversas - Segundo Beatriz, entre as demandas do público externo, as mais comuns são solicitações de medicamentos de alto custo que não fazem parte da lista de medicamentos excepcionais custeados pelo Ministério da Saúde e Governo do Estado, além de cirurgias e de pagamentos de serviços de fornecedores. Do público interno, as demandas principais são aquisição de materiais de consumo e serviços para atender as necessidades de funcionamento da estrutura da Secretaria de Saúde, que inclui hospitais e gerências, e solicitações diversas de servidores do Estado, que pedem remoção, para ficar à disposição ou designação para setores específicos.

A responsável pelo Setor de Protocolo, Maria Lucimar Varela da Silva, afirmou que 13 funcionários dão conta de protocolar e entregar todos os documentos que diariamente passam pelo setor. “Quase tudo tem que passar por aqui e a gente precisa avaliar se é necessário formalizar processo ou se vai direto para o setor competente. O Protocolo é um setor de grande importância dentro do organograma da SES, pois é responsável pelo bom funcionamento administrativo da Secretaria”, destacou.

Assessoria de Imprensa da SES/PB


bool(false)

Notícias Relacionadas

    • video

    • Dito e feito