Fale Conosco

6 de março de 2012

Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande homenageia mulheres



No mês especialmente dedicado às mulheres, a direção do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande vai prestar uma homenagem a todas as suas servidoras, assim como pacientes e acompanhantes do sexo feminino. A programação comemorativa será realizada durante todo o dia desta quarta-feira (7) e na tarde da quinta (8).

As comemorações terão início às 8h desta quarta, no auditório do hospital, com a apresentação do Coral Adoradores de Cristo. Em seguida, a médica Lúcia Derks, chefe do Núcleo Médico, falará sobre a Importância da Mulher no Trauma; e as jornalistas Andreia Barros e Beth Torres, diretora executiva de Jornalismo da Secom-PB e diretora técnica e editora geral de A União, respectivamente, farão uma explanação do trabalho da mulher na comunicação do Governo do Estado.

O ciclo de palestras abordará ainda os temas A Mulher na Política, com a vereadora Ivonete Ludgério; A Lei Maria da Penha: Possibilidades e Limites, pela delegada da Mulher, Herta Costa; e Qualidade de Vida x Estresse Ocupacional, com a educadora física Regimênia Carvalho. No final, será servido um almoço para todas as mulheres no refeitório do hospital. Na parte da tarde, o setor de psicologia vai realizar uma homenagem para as mulheres que estão internadas com a distribuição de brindes e uma serenata, a partir das 16h.

A programação comemorativa prossegue na quinta-feira (8), a partir das 14h30, com as palestras: Bem Estar e Qualidade de Vida, pela médica Ângela Targino; Relação entre Gêmeos, com a psiquiatra Wilma Mendonza; e a Mulher na Imprensa, com a jornalista Denise Delmiro.

No encerramento, haverá premiação às mulheres que se destacaram no Trauma de Campina Grande como coordenadora de setor e funcionária mais assídua, uma tarde da beleza, com distribuição de brindes e rosas e, por fim, uma apresentação do coral Louvor e Adoração.

 

De acordo com a chefe do Núcleo de Recursos Humanos do Trauma, Rossana de Lima, o objetivo dessa homenagem é o reconhecimento pelos esforços diários daquelas que trabalham na unidade hospitalar prestando um serviço de saúde à população paraibana. Ela adiantou que 80% do quadro de funcionários do Hospital de Trauma é composto por mulheres.