11 de setembro de 2012

Projeto Paraíba Paralímpica é lançado em João Pessoa



Lançado nesta terça (10), no ginásio de esportes, Ronaldão, o projeto Paraíba Paralímpica, que consiste em oferecer gratuitamente aulas para a pessoa com deficiência nas modalidades de goalball, futebol de cinco (para deficientes visuais), vôlei sentado e bocha paraolímpica. As aulas vão acontecer todas as terças e quintas, sendo que no período da manhã, a prática será da bocha e do vôlei sentado, enquanto que à tarde para as demais modalidades.

Participaram da solenidade abertura do projeto, cerca de 120 paraatletas e representantes das entidades que trabalham com a pessoa com deficiência em João Pessoa, além da presidente da Fundação de Apoio a Pessoa com Deficiência (Funad), Simone Jordão. Ela destacou o trabalho do Governo do Estado em idealizar um projeto voltado especificamente para a pessoa com deficiência. “É pensando nesse segmento que o Governo do Estado se dedica para desenvolver projetos como este. A Funad, que tem vários paraatletas envolvidos no desporto paraolímpico se orgulha em poder também participar de mais um evento”, disse Simone.

Para o secretário José Marco, responsável pela Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), idealizadora do projeto, o Paraíba Paralímpica vai beneficiar várias cidades. “Na grande João Pessoa existem muitas pessoas com deficiência que não têm acesso e oportunidade para praticar o paradesporto. Será uma grande oportunidade dos pais poderem levar seus filhos para essas escolinhas do projeto”, disse José Marco. Ele ainda frisou que os professores e instrutores são especialistas no esporte paraolímpico. “A equipe técnica é toda formada por professores ligados à área do esporte voltado para a pessoa com deficiência”, destacou.

Ao final da solenidade houve a apresentação de um jogo de bocha, que envolve paraatletas que sofrem de paralisia mental e física. Não existe restrição de idade para participar do Paraíba Paralímpica que já está em andamento em Campina Grande, na Escola Estadual Nenzinha Cunha Lima, desde o mês de julho. Em João Pessoa, as aulas serão ministradas no próprio ginásio Ronaldão.