Fale Conosco

19 de setembro de 2012

Secretaria de Educação capacita coordenadores pedagógicos para a aplicação do ‘Avaliando IDEPB’



O Governo do Estado, por meio da Gerência de Programas de Avaliação (Proava) da Secretaria de Estado da Educação (SEE), capacitou nesta terça-feira (18), os coordenadores pedagógicos das 14 Gerências Regionais de Educação (GREs)  para aplicação do ‘Avaliando IDEPB’ na Paraíba. A capacitação ocorreu na sede do Proinfo, na Avenida das Trincheiras, em João Pessoa,  e foi ministrada por técnicos do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).  O processo de avaliação será aplicado no próximo dia 26 para 68.264 alunos das 805 escolas da rede estadual do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio. O resultado da prova será divulgado em novembro.

O secretário de Estado da Educação, Harrison Targino, considera o ‘Avaliando IDEPB’ um valioso instrumento de reforço da qualidade da Educação. O ‘Avaliando IDEPB’ consiste na implantação de um sistema que buscará apresentar dados relativos ao desempenho das escolas da rede estadual em tempo rápido. Desta forma, espera-se a construção da política pública da Educação, o desenvolvimento do Plano de Gestão Paraíba faz Educação e dos projetos pedagógicos de cada escola.

“Temos mais um instrumento de averiguação da qualidade do quotidiano da escola e dos seus projetos políticos pedagógicos, permitindo que possamos desta forma, planejar melhor as ações da educação no Estado e deste modo corrigir rumos e apontar caminhos para melhoria da qualidade do ensino. O sistema já é adotado em mais 16 estados do país e segue as diretrizes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)”, explicou o secretário.os e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Para a secretária executiva de Estado da Educação, Márcia Lucena, “a avaliação vai contextualizar a educação no Estado, dando respostas à Secretaria da Educação, no âmbito da gestão pedagógica e das políticas públicas”.  Segundo ela, os resultados irão gerar os seis cadernos de dados dessa avaliação feita por meio de questionários, aplicados junto aos alunos, professores e diretores, para que se possa fazer avaliação também dos educadores, para trazer uma visão mais ampla dos sistemas no Estado”, observou.

A coordenadora de Operações do Campo do Caed, Lulude Furiati, disse que avaliação institucional é um processo intencional e necessário à melhoria do ensino aprendizagem. É também uma forma de prestar contas à sociedade do papel da escola como instituição de transformação social. “A educação depende da união de todos durante o processo avaliativo, para traçar um diagnóstico fidedigno das redes públicas de ensino para que a educação evolua cada vez mais, propiciando aos estudantes igualdade de condições perante todos: crianças e jovens do Brasil”. Ressaltou a coordenadora.