Governo da Paraíba


Hospital de Taperoá registra o primeiro nascimento, 12h após inauguração


Quarta-feira, 19 de setembro de 2012 - 17h49

Por volta das 02h30 da madrugada desta quarta-feira (19) a agricultora Gislaine Gomes Cirilo, 22 anos, que mora em Taperoá, deu a luz ao primeiro filho que vai se chamar “Ruan”. O nascimento ocorreu menos de 12 horas após o Hospital Geral Dr. Antônio Hilário Gouveia, na cidade de Taperoá, no Cariri paraibano, ter sido inaugurado pelo governador Ricardo
Coutinho.

Além do parto, a unidade de saúde já atendeu a mais de sessenta pessoas nos setores de urgência e clínica médica e três estão internadas em observação.

Parto – A jovem Gislaine deu entrada na hospital por volta das 22h30 da terça-feira (18), onde foi atendida pela equipe de profissionais formada pelo médico Lino Lima, pela enfermeira Luciana Brasil e pelas técnicas de enfermagem e parteiras, Maria do Socorro Gouveia e Verônica Maria dos Santos.

De acordo com a enfermeira Maria das Graças Ribeiro, o bebê nasceu saudável, pesando 3,7 quilos e medindo 47 centímetros. Logo após o parto, que foi normal, mãe e filho foram para o alojamento conjunto onde estão recebendo toda a assistência.

Gislaine Gomes Cirilo afirmou que foi bem atendida e recebeu toda assistência. “Fui uma privilegiada. Ganhar essa criança aqui para mim foi bom demais porque se não fosse esse hospital teria que me deslocar para Campina Grande e isso seria muito doloroso”, comentou a agricultora.

Ela disse que não só ela será beneficiada com a inauguração do hospital como também várias outras pessoas que moram em Taperoá e em outras cidades circunvizinhas e precisam de atendimento médico. “Antes, quando alguém adoecia aqui na região, era preciso levar para João Pessoa ou Campina Grande e agora essa peleja, esse sofrimento acabou, pois temos um hospital moderno, com profissionais treinados e com equipamentos novos para atender a população”, disse a agricultora.

Para o secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, com a inauguração de mais um hospital, o governador Ricardo Coutinho está cumprindo o que prometeu, ou seja, levando saúde de qualidade e com eficiência a todas as regiões do Estado e para que isso aconteça, ele não vem medindo esforços para investir na recuperação, ampliação e construção de unidades de saúde em toda a Paraíba dotando os serviços de profissionais qualificados e equipamentos de última geração para atender na média e alta complexidade.

Sobre o hospital - O Governo do Estado investiu na construção do Hospital recursos na ordem de R$4.961.015,51 e mais de R$ 2 milhões só em equipamentos. A unidade de saúde terá um custeio mensal de R$ 1 milhão. O Instituto Fibra vai gerenciar a unidade. O hospital vai beneficiar mais de 82 mil pessoas dos municípios de Assunção, Soledade, Salgadinho, Livramento, Desterro,  Maturéia,  Taperoá,  Juazeirinho, São João do Sabugi e Cacimba. “Estamos garantindo a essa população  serviços de saúde de alta complexidade”, disse o governador Ricardo Coutinho.

O Hospital vai contar com os serviços de urgência, emergência, clínica médica, clínica cirúrgica, clínica pediátrica, cirurgias eletivas, cirurgias gerais, oftalmológicas e otorrinolaringologia. A unidade de saúde conta ainda com laboratórios, sala de Raio X, sala de acolhimento, sala de classificação de risco, área de nutrição, duas salas de parto, entre outras dependências.

De acordo com a diretora do hospital, Maria de Fátima Dias, serão mais de 170 profissionais trabalhando em diversas áreas, 24 horas por dia. A previsão é que o hospital atenda 18 mil urgências e emergências e realize 1.800 internações por ano.


bool(false)

Notícias Relacionadas

    • video

    • Dito e feito