Fale Conosco

28 de setembro de 2012

Novas instalações do 7º Batalhão de Polícia Militar, em Santa Rita, são inauguradas



Foto:Werneck Moreno/Secom-PB

As novas instalações da sede do 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM), em Santa Rita, foram inauguradas na manhã desta sexta-feira (28). O prédio recebeu investimentos na ordem de R$ 50 mil, oriundos de recursos do governo do Estado e de parceria com a comunidade.

Segundo o comandante do 7º BPM, major Cristovam Lucas, os recursos foram utilizados para reforma e transformação de um prédio que estava sem uso no Pavilhão Administrativo do Batalhão. O local é composto por quatro salas climatizadas (do Comando, Subcomando, Planejamento e Estatística, Gestão de Pessoas) e equipadas com novos móveis e máquinas de trabalho.

“Isso representa um aumento na autoestima tanto de quem trabalha no Batalhão quanto das pessoas que vêm ao local fazer suas solicitações. É um orgulho comandar esses homens e ver a polícia mudando no sentido da maior dignidade humana”, destacou o major. Ele disse que nos próximos dias será iniciada a construção de uma praça em frente ao Pavilhão Administrativo e dentro das instalações do 7º BPM.

A reforma entregue nesta sexta também incluiu a pavimentação de mais de 700 metros do pátio central do batalhão. “Esse é mais um item que o Batalhão oferece, dentro da política de valorização do policial militar. Estamos empenhados em estabelecer melhores condições de trabalho para este profissional, para que consequentemente ele ofereça ao cidadão mais qualidade no serviço prestado”, pontuou o comandante geral da PM, coronel Euller Chaves.

Durante a solenidade, ele homenageou oito militares com o certificado de ‘Honra ao Mérito’, um reconhecimento aos policiais pela relevância dos serviços prestados e a participação em ocorrências complexas. Também foram elogiados oito civis, que receberam o certificado de ‘Amigo do 7º BPM’, uma forma de agradecimento pela contribuição dada para o crescimento e fortalecimento do 7º BPM.

“É gratificante receber esse reconhecimento da polícia. Eu acompanhei toda a evolução desse batalhão, sei o que ele era no passado e como está hoje. Há cerca de dois anos atrás, quando eu chegava aqui encontrava várias viaturas encostadas e prédios sem estrutura, realidade diferente da que vemos hoje”, comentou José Firmino, um dos civis homenageados.