15 de janeiro de 2013

Calendário para pagamento do abono natalino segue ordem do Número de Inscrição Social



Desde a quarta-feira (9), as famílias paraibanas beneficiadas pelo Programa Bolsa Família estão recebendo do Governo do Estado o abono natalino, no valor unitário de R$ 32, oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep). O pagamento é realizado nas agências dos Correios e Telégrafos de toda Paraíba, seguindo uma ordem sequencial que leva em consideração o último dígito do Número de Inscrição Social (NIS) de cada beneficiário.

A Companhia de Processamento de Dados (Codata) participou da construção do mecanismo de pagamento, ficando responsável pelo tratamento das informações oriundas dos arquivos enviados pelo Governo Federal, com os dados necessários das famílias beneficiadas. “Nós dividimos de modo que pagamento fosse feito com base no último dígito do número do beneficiário (NIS). Assim, os pagamentos ficaram dispostos na seguinte ordem: primeiro dia, NIS 1, segundo dia, NIS 2, e assim por diante. Formatamos os arquivos e enviamos para a sede dos Correios, localizada em Belo Horizonte, Minas Gerais, que é quem propaga as informações para as agências do nosso Estado. Graças a essa operação, o beneficiário pode sacar o dinheiro em qualquer agência”, explicou o analista de sistemas da companhia de TI do Estado, Paulo Cezar.

O trabalho realizado pelos analistas da Codata ainda permite que sejam gerados relatórios de acompanhamento dos pagamentos efetuados.

Agências – A estrutura para o pagamento foi feita em parceria com a Empresa de Correios e Telégrafos, que disponibilizou 202 agências. Em João Pessoa, por contar com um número maior de beneficiados – cerca de 60 mil famílias –, foi montada uma estrutura no Ginásio O Ronaldão com 20 caixas. Na cidade de Campina Grande, o pagamento está sendo realizado na Agência Central dos Correios e Telégrafos.

O pagamento também acontece nos 29 municípios que não contam com agências dos Correios. “Mais de 19 mil abonos natalinos foram pagos nas escolas estaduais no último fim de semana. Trabalhamos com 250 técnicos dos Correios e da Secretaria de Desenvolvimento Humano (Sedh)”, informou a secretária Cida Ramos.

A secretária anunciou um mutirão, nos dias 19 e 20 deste mês, para dar oportunidade aos beneficiários que não podem se deslocar durante a semana.

Documentação – Para ter acesso ao abono, os beneficiados terão que retirar o valor nas agências dos Correios da sua cidade, de acordo com o último número do cartão Bolsa Família, seguindo um calendário de pagamento. Os documentos necessários para sacar o dinheiro são CPF, identidade com foto (RG, CNH, CTPS e etc) e o Número de Inscrição Social (NIS).