Governo da Paraíba


Dia do Servidor Público
12 de abril de 2013

Reforma do estádio Amigão emprega 100 operários na fase inicial



As obras de reforma do Estádio Ernani Sátyro, o Amigão, em Campina Grande, começaram pela parte interna. Trinta operários estão reconstruindo inicialmente dois dos quatro vestiários com nova instalação hidráulica e elétrica, além da recuperação das cabines de imprensa e revestimento das arquibancadas. Outros 70 trabalhadores serão contratados nos próximos dias.

Os serviços foram inspecionados nesta sexta-feira (12) pelo secretário da Interiorização e da Ação do Governo, Carlos Antonio Araújo de Oliveira, que esteve acompanhado do engenheiro Lennon Diniz, da construtora contratada, o gerente do estádio, Arcânio Pacelli, e o diretor Mário Melo.

“A reforma começou na parte interna atendendo a uma determinação do governador Ricardo Coutinho, que não quer a interdição deste estádio de futebol porque sabe que Campina Grande não consegue viver sem essa alegria dos jogos do Treze e do Campinense. Estamos satisfeitos, pois o cronograma da obra está sendo cumprido”, comentou o secretário.

O engenheiro Lennon Diniz revelou que a reforma total será concluída em 240 dias. O investimento na reforma do estádio o Amigão passa de R$ 17 milhões, sendo R$ 14.450.081,42 para reforma interna e urbanização da área do entorno do estádio e mais R$ 3,1 milhões para urbanização das ruas de acesso ao equipamento esportivo.

A obra pretende revitalizar a estrutura interna e externa, que ganhará um amplo estacionamento, pista de caminhada, de skate, quadras e área de lazer. “A decisão do governador Ricardo Coutinho em fazer a obra não é contemplar apenas os clubes e os torcedores, mas tornar o estádio um complexo esportivo e de lazer para uso de toda população”, completou Carlos Antonio.